Quasi-Orquestra: projeto inédito de música clássica.
outubro 7, 2017
8:00 pm
Rio de janeiro
Oi Futuro - Flamengo
Google Map

O Festival Multiplicidade_Imagem_Som_inusitados é um movimento de manifestação artística, que faz parte do calendário cultural do Rio de Janeiro desde o ano de 2005.

Reunindo música e arte digital contemporânea, o festival promove encontros únicos entre artistas que têm o desafio da criar novos conceitos e linguagens dispondo de qualquer tipo de tecnologia como suporte.

O Multiplicidade desenvolve espetáculos não convencionais em parceria com os artistas. As combinações são quase sempre inéditas e feitas entre artistas visuais e musicais, aonde a palavra de ordem é experimentar.

Na abertura da edição de 2017,  o Festival Multiplicidade apresenta a Quasi- Orquestra. O maestro Rafael Barros de Castro, a arregimentadora Gretel Paganini e vinte músicos de instituições como a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal, Orquestra Sinfônica Brasileira, Orquestra Sinfônica da UFRJ e Orquestra Sinfônica Nacional se apresentarão de uma maneira inusitada executando peças clássicas sinfônicas. Eles estarão espalhados em todos os andares do Oi Futuro Flamengo, criando uma peça musical que atravessa os vazios do espaço com uma função poética e política. No momento que a obra é executada através do prédio, ela se transforma em um desafio e questiona a relação convencional entre público e orquestra.

A entrada é gratuita.
É só chegar, mas chegue cedo.
Local é sujeito à lotação.
Classificação etária: Livre